_autora

Malu Almeida

 

_sobre

Este é um livro tardio. Seu primeiro texto foi escrito em 2013, quando o mundo parecia ser outro. Ou melhor, o futuro parecia ser outro. Até 2017, quando o último texto foi finalizado, o futuro mudou de cara várias vezes e segue mudando até hoje, em 2021. Foram oito anos até que a obra fosse editada, revisada, financiada, diagramada, impressa e, enfim, publicada.

É isso que "Como um dia de domingo" faz: fala de um tempo, sobre viver em Belo Horizonte, no Brasil, de 2013 em diante; ele conta sobre pessoas; conversa com momentos que tiveram palco nas ruas e dentro de nós. O livro se divide em três partes: Fins, Retratos e Meios. A primeira é limítrofe, explorando a consumação das coisas e o que acontece depois das cinzas. A segunda parte é uma coleção de textos descritivos sobre personagens de minha própria vida, que também me atravessaram e tomaram essa forma, em palavra. A terceira e última parte está mais ligada ao que me despertano cotidiano, no que há de corriqueiro na vida.

Como um dia de domingo_ Malu Almeida

R$ 54,00Preço